SEXO CASEIRO 1

GOSTARIA QUE UM MACHO FIZESSE ISSO COM A MINHA ESPOSA


Sra Aburus

SOMOS

Somos um casal de bem com a vida,apaixonados,simples, maduros, com filhos maravilhosos, em busca de casais com idade compatível com a nossa, homens acima de 30 anos e mulheres para sexo com sigilo e cumplicidade. Não gostamos de parceiros que tratam as esposas alheis como putas baratas, pois elas não são. Entre quatro paredes gostamos de sexo prazeroso e com cumplicidade. Havendo afinidade, no auge do climax, ela gosta de ouvir palavras quentes e ousadas, palavras que a excitem.
Buscamos acima de tudo, conhecer e fazer amizade com:
- Homens com mais de TRINTA ANOS ;
- Mulheres FEMININAS;
- Casais MADUROS (Ele/Ela);
- Casais MADUROS (Ele/Ele) ;
- Casais (Ela/Ela)
Para, após um contato inicial onde vamos ver nossas afinidades, exibicionismo, sexo a dois, swing e ménage, sexo grupal. Somos iniciantes, com muitas fantasias, e estamos querendo realizar todas que a imaginação permitir, sem aberrações, sado ou violências de qualquer espécie. Queremos formar um grupo de amigos para festas regadas com muito "leite".



OS FOFOS TAMBÉM AMAM

OS FOFOS TAMBÉM AMAM
Ah... Esse espelho estratégicamente colocado... Dá uma vontade.

FOFOS TAMBÉM AMAM

PORQUE É TÃO DIFÍCIL SE VER "GORDINHOS" SE AMANDO, PORQUE SÁO SEMPRE SARADOS, OS BARRIGAS DE TANGUINHO QUE SE APRESENTAM NO MSN? POR ACASO OS"GORDINHOS" NÃO TEM DESEJOS, NÃO SENTEM TESÃO? CLARO QUE SIM! VAMOS LÁ, ESSE É UM ESPAÇO PARA FOFINHOS, MADUROS, NEGROS, MULATOS, PARDOS, AMARELOS, ATÉ PARA OS VERMELHOS, MAS QUE NÃO SEJAM DE RAIVA. RSRSRS BEIJOS A TODOS

A "Senhorinha"

A "Senhorinha"
A alegria não está nas coisas, está em nós!

DESEJO NÃO TEM IDADE...

DESEJO NÃO TEM COR, NÃO TEM PESO, NÃO TEM CREDO!
APENAS TRÊS COISAS NA VIDA NUNCA VOLTAM ATRÁS: A FLECHA LANÇADA, A PALAVRA PRONUNCIADA E A OPORTUNIDADE PERDIDA.
VOCÊ VAI DEIXAR PASSAR A OPORTUNIDADE?





Páginas

domingo, 4 de julho de 2010

TÉCNICA DE COMO CHUPAR UMA BUCETA

Antes de mais nada, gostaria de deixar claro que não pretendo ensinar o Pai Nosso ao Papa, muito menos fazer um tratado sobre como dar prazer a uma mulher com carícias orais. Cada um tem um jeito, sua técnica. Sexo é entrega, posse, química, tesão, e aí entra também a intimidade com a mulher com quem se pretente fazer sexo, principalmente o oral.
ANTES de cair de boca, higiene é fundamental. Tem que preparar bem o "ambiente", com ducha, um banhozinho... Se for a dois é ainda melhor. Desperte a libido da parceira com flores, uma músiquinha, uma bebidinha que ajuda a relaxar... Incenso??? Até pode servir para criar aquele clima, mas cuidado, a parceira pode ser alérgica. Ai, já viu, né?
O ANTES pode começar antes do encontro, pode começar com um telefonema, um torpedo com palavras "picantes". Seja um Nelson Rodrigues, um cafajeste light, carinhoso. Mandar flôres??? Tem mulher que adora, a Sra Aburus prefere chocolate. Descubra o ponto fraco da sua. Outra coisa, não poupe elogios, diga o quanto você a deseja, o quanto ela é bela, e como lhe dá prazer em tê-la em sua companhia.
Pronto? Então vamos começar... Ah! Calma, vá com calma, comece com parcimônia. Não seja um "coelho". O melhor do ato são as preliminares. Comece as carícias com abraços, beijos, dê muitos beijos. Comece pela nuca, passe pelo pescoço, lábios, seios... Foi dada a largada! É o início dos jogos libidinosos. Faça um misto de beijo com parcimônia, delicadeza e sexualidade.
A partir daí solte o freio de mão e deslize pelas curvas da parceira, vá deslizando em direção ao ventre, sem esquecer de dar beijinhos durante o percurso. Não fique afobado! Passe a língua no umbigo. Não fiquei agoniado porque o ANTES para a mulher, ao contrário do homem, é tão essencial quanto o DURANTE, no ato sexual.
Não tenha pressa! O caminho até o vão das coxas deve ser carregado de suspense, de beijinhos e lambidas. O suspense deixa-a mais soltinha. Dedique especial atenção a parte situada entre o umbigo e o início da flor carnuda. Como estamos no século XXI, cinema mudo não está com nada... Aproveite para dizer o quanto é gostoso beijá-la, como é linda a bucetinha dela. Um segredinho: mulher adora ouvir elogios.
Com calma e destreza, abra as pernas da amada, mas nada de se afobar. Não pense em abrir as pernas dela, como você abre uma garrafa de cerveja, antes de cair de boca... Não, nada de pressa, muito menos meter os dentes. Beije, lamba, sinta o gosto dela, aspire o perfume da doce flôr de sua parceira.
Cheire novamente! Várias vezes! Passe a ponta do nariz no botão saliente dela! E diga: Que coisa extasiante! Daí em diante vá levando a boca suavemente para o lado, beije a parte interna das virilhas, mas sempre com toda calma do mundo.
Se ainda nao tirou a calcinha dela, arrede a calcinha um pouquinho, de modo a enxergar um pedaço fascinante abertura. Essa é a hora de olhar para sua amada, de ver seu olhar de expectativa, de ansiedade. Mas pelo amor de Deus, não vá pôr tudo a perder dizendo:
- Obrigado meu Deus, por ficar diante dessa buceta, que é a mais bonita do mundo.
Menos! Seja Rodriguiano, ou seja, um Nelson Rodrigues de verdade, daqueles que não fica envergonhado em dizer buceta. Mulher adora um misto de elegância e cafajestagem. Meta a língua, mas não da mesma forma como você fazia quando pequeno, quando lambia o copinho do Danoninho. Lembrou???
Então vá em frente, lamba e beije o pequeno moranguinho que ficou diante da sua cara. Leve sua parceira para dar uma voltinha de "ônibus espacial", leve-a ao céu. Nada de parar, de parar por um instante, só para vê-la revirando os olhinhos. Não vá quebrar o clima, mané, só porque você é um bisbilhoteiro.
Se a sua parceira é daquelas que quando chega ao ápice, quase te mata asfixiado, colocando as mãos na sua cabeça e forçando demasiadamente... Se isso ocorrer, não se preocupe, o crime será doloso, não culposo. A sua parceira não teve intenção de te sufocar, foi apenas um "instante" de descontrole, o êxtase provocado por sua língua no botãozinho dela. É claro que nenhum juíz vai condená-la por causa disso. É um crime doloso, provocado pelo vigor do êxtase dela ao ser chupada por você... Viu??? Você é cumplice em seu assassinato! Agora, se você não é do tipo que fica deslumbrado porque conseguiu dar prazer a uma mulher, peça a ela que vá com calma. Diga prá ela que você não vai sair dali, que seu lema é:
- Invadir, ocupar e resistir!
Seja um MST de buceta. Retome a atividade afastando um pouco mais as pernas dela, de modo a ficar com uma visão panorâmica do belo alvo, e captar o adorável odor que emana da porta do paraíso. Mas não caía na tentação de enfiar a cara toda ali dentro, vá com calma.
Lembre-se: ela já está todinha arretada. Concentre-se na metade superior da buceta, não coloque a língua na parte interna. Volte a beijá-la. Sempre, devagar... A necessidade de alterar os movimentos vai depender da sua percepção em ver que ela já começou a se "babar". Depois da percepção da volúpia da sua parceira, vá colocando a língua na parte interna... Sim, é chegada a hora do adorável pinguelo ser estimulado.
Faça movimentos suaves e verticais, de preferência. Se não for possível, faça movimentos suaves e horizontais, mas não deixe de fazer movimentos, porra. Use e abuse de sua língua, afinal, ela sempre serviu pra isso, você que até agora nunca soube usá-la.
Com a língua trabalhando cautelosamente, dê especial atenção à parte da divisão entre o grelinho e o poço dos desejos ocultos. Tente dividir as maravilhosas partes que insistem em esconder o grelinho com sua língua... Coloque seus lábios e mordisque-a suavemente, intercalando este movimento com breves lambidas. Mas vá com calma, nada de querer morder com força, só porque ela está quase quebrando o seu pescoço com aquela chave de pernas. Repito, seja cauteloso!
Nessa hora, ponha em ação seus dedos. Coloque bem devagarzinho um dedo de sua mão na buceta dela. O dedo deve ser enfiado com parcimônia, não da forma como você mete-o no nariz. Você vai tocar uma siririca pra parceira, não vai limpar o "salão".
A outra mão, deve ser colocada em um dos seios dela. Pegue com delicadeza a mama, passe os dedos sobre a aureola, até ficar "eriçada", excitando-a ainda mais. É recomendável que você sincronize seu trabalho de língua no grelinho, com seu dedo dentro da buceta e a mão em um dos seios. É fácil, e auxilia sua parceira a chegar ao gozo mais rápido. Cadência é tudo!
Nesse momento, quando você ver que ela já revirou os olhinhos pela enéssima vez, segure a vontade de morder o pingelo dela, e sem parar o movimento da língua sobre o grelo, a enfiada do dedo dentro da buceta e da mão nos seios, e diga:
- Você tem a melhor buceta... a mais bonita buceta do mundo...
Se você conseguir fazer isso, sem deixar de fazer as outras três coisas anteriores, você é o cara. É amigo, está provado: Mulher adora palavras elogiosas na hora do sexo. Portanto, suas palavras carinhosas e sexy vão deixá-la ainda mais seduzida.
Depois dos elogios, volte ao trabalho "lingüístico" no grelinho. Tente avançar com mais, digamos assim, vontade nos movimentos dos dedos dentro da buceta. Na medida em que a dona do "terreno" mais invadido do mundo for aumentando os arranques de quadril, aumente o número de companheiros que irão tomar posse da área. Logo ela estará tentando estrangulá-los com a buceta.
Vai chegar num ponto que ela vai querer, sem querer, é claro, asfixiá-lo de tanto amar o seu trabalho labial e lingüístico, em seu extasiado grelo. Sem contar com o acompanhamento: seus dedos na buceta e a mão em um dos seus seios. Parabéns!
Opâ... Tá pensando que já pode virar para o lado e dormir??? Lembre-se, aquela coisinha entre suas pernas tem mais uma utilidade, que simplesmente mijar. Não vá se esquecer que você tem um pau, nessa hora. Por quê? Você ainda pergunta? Será que é ela que tem que lembrar que você tem um pau? Tudo bem, ele está molinho, não é? Então continue chupando, chupando, chupando...
Segundo as sexólogas, uma mulher agüenta no máximo 35 minutos de trabalhos orais, depois ela apaga de tanto gozar. Pronto, agora você já pode deitar e dormir tranquilo ao lado dela. Os dois, deitadinhos bem abraçados, dormindo de colchinha.
Sorte a minha que a Sra Aburus não se entrega fácil. Quando menos espero, ela geme a palavra mágica: PAU!
- Põe amor, o teu pau... Eu não agüento mais...
Como sou obediente, cumpro às ordens dela. Com toda a amabilidade do mundo, meto o pau na bucetinha encharcada, e três dúzias de estocadas bastam para ela gozar mais uma vez. Agora sim, depois de levá-la ao orgasmo através da penetração, depois de ouvir ela dizer que sou o melhor amante do mundo, deixo a "patroa" dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário